26/10/2016 - 10h10

Sem crise para investir na formação

Os cursos de extensão da UCS atendem aos quesitos de capacitação profissional rápida e com valores acessíveis. Uma oportunidade para quem não quer parar de se desenvolver

Independentemente da área de atuação, investir no desenvolvimento da carreira é fundamental  mesmo em momentos de instabilidade econômica. Caracterizados pela duração breve e pelos valores acessíveis, os cursos de Extensão oferecidos pela Universidade de Caxias do Sul são uma alternativa consistente para quem deseja aperfeiçoamento profissional com imediata aplicação no mercado e investimento reduzido.

Disponibilizados à comunidade geral e à acadêmica por meio da Coordenadoria de Extensão, as formações são organizadas em 12 grandes áreas, com base nos temas de ensino em graduação e de programas de pesquisa existentes na UCS. Além dos cursos, uma variedade de ações, projetos, palestras e serviços oferecidos nesta modalidade de ensino contribuem para uma capacitação completa dos participantes.
Responsável pela Coordenadoria de Extensão da Universidade, o professor Marcelo Faoro de Abreu destaca que, no contexto profissional, toda comunidade pode se beneficiar diretamente deste modelo de qualificação. Para o público que vive a Universidade, no entanto, pode – e deve – aproveitar as opções de extensão oferecidas por elas se constituírem em diferenciais na formação superior.
“Os acadêmicos encontram nos cursos e atividades regularmente oferecidos pela Extensão um importante complemento na formação. É possível, por exemplo, aprofundar aquilo que se aprende em sala de aula, nas disciplinas de graduação. São dezenas de cursos e a oferta se renova mensalmente”, explica. Ainda segundo ele, quase todas as atividades de extensão podem ser aproveitadas como horas complementares, desde que respeitadas as regras aplicadas a cada curso de graduação. 

 

Diante de incertezas, é preciso estar preparado

Os cursos de Extensão são proveitosos no contexto acadêmico, mas não apenas nele. A professora e coordenadora do curso de Ciências Econômicas, com experiência na área de Economia Empresarial,  Jacqueline Maria Corá observa que, independentemente de estar ou não cursando uma graduação, esse modelo de ensino ajuda no desenvolvimento de habilidades importantes para atender às demandas do mundo do trabalho – o que é fundamental em um contexto de mudanças aceleradas.
“Quanto mais incerto o cenário econômico, mais capacitado tem que estar o profissional. Se pensarmos que, diante de restrições orçamentárias, as empresas demitem e reorganizam sua estrutura produtiva e administrativa, terão melhores chances de competir nesse ambiente as pessoas melhores preparadas. Isso só acontece quando continuamos buscando a qualificação e a atualização nas nossas áreas de atuação”, defende.

A estudante de Relações Públicas Jennifer Manoel da Roza, 25 anos, optou por expandir ainda mais seus conhecimentos por meio da Extensão universitária. Recentemente, ela realizou a formação complementar sobre o software InDesign, com ênfase na diagramação de jornais e revistas. “O curso de extensão, com certeza, foi importante para complementar o meu conhecimento nas disciplinas, o que será útil no mercado de trabalho. Adorei tudo; a professora era qualificada e o laboratório, equipado.”

Saiba mais sobre as opções oferecidas aqui. 

VOLTAR